Uncategorized

MORADORES RECLAMAM FALTA DE MERENDA EM ESCOLAS DE ALMENARA-MG

Pais e professores reclamam da qualidade da alimentação

GLOBO DENUNCIA FALTA DE MERENDA ESCOLAR EM ALMENARA

A reportagem da Inter TV mostrou alguns problemas enfrentados por alunos da Zona Rural e também da Zona Urbana de Almenara-MG. 

Por uma estrada de terra que liga Almenara a comunidade de Paraguai, a equipe visitou a Escola Municipal Martinho José de Souza, onde onde, segundo moradores, a distribuição da merenda escolar, feita pela prefeitura, está precária. Na escola estudam com idade de oito e nove anos. 
Uma lei federal determina que pelo menos 30% do alimento teria que vir da agricultura familiar. Mas por aqui falta muita coisa, é o que afirmou o professor Roni Souza.
Nas caixas, biscoitos industrializados. E a geladeira está quase vazia. 
O vaqueiro Nilton da Silva tem três filhos que estudam na escola. Volta e meia escuta deles a mesma reclamação: a de que não tem o que comer no recreio. Nilton teme que o problema da merenda interfira no rendimento escolar.
Na Zona Urbana da cidade, a situação não é diferente, na escola municipal: a Lindaura Gil, na área central. Segundo a professora Nágila Alves, a merenda por aqui já chegou a faltar.
Agora o local onde abriga a merenda está cheio. O problema seria a qualidade dos alimentos. Os pais dos alunos também reclamam.
A suposta falta de merenda nas escolas públicas de Almenara vem sendo denunciada por pais e professores já a algum tempo. Documentos com assinaturas de servidores da educação foram entregues e protocolados no Ministério Público daqui do município.
A promotora de justiça Marina Brandão, que responde pelo caso, não quis gravar entrevista sobre o assunto.
O vereador Wander Conceição, junto com outros dois visitou oito escolas do município. Os parlamentares teriam constatado o descaso e também protocolaram a denúncia junto ao MP.
Em Almenara, de acordo com o censo escolar 2012, são pouco mais de 5.200 mil alunos nas escolas do município.
Em 2009, membros do conselho da merenda escolar reclamaram que não foram convocados para uma reunião na prefeitura. Segundo depoimentos feitos a promotoria de justiça, o almoço diário dos alunos seria macarrão com salsicha.
No dia 24 de janeiro, a denúncia foi feita a coordenadoria regional das promotorias da infância e juventude dos vale do Jequitinhonha e Mucuri. E em fevereiro, os educadores cobraram do MP uma investigação sobre o caso. Segundo a prefeita, a merenda chegou a faltar mas o problema já teria sido resolvido.
A promotoria de justiça de Almenara confirmou que recebeu as denúncias referentes a falta de merenda, principalmente na zona rural. Um procedimento administrativo foi instaurado, mas ainda é cedo, segundo a promotora Marina Brandão, para afirmar se há irregularidades na distribuição dos alimentos. Caso isso aconteça, as providência vão ser tomadas pelo MP.


Assista ao vídeo

Para o Topo
error: Content is protected !!