Uncategorized

CADÊ O LEITE? FAMÍLIAS CARENTES DE ALMENARA/MG E REGIÃO RECLAMAM DA FALTA DO ALIMENTO

Atrasos preocupam moradores de Almenara e região

FILA PARA PEGAR O LEITE DOBRA QUARTEIRÃO DE ESCOLA EM ALMENARA (FOTO: FACEBOOK)

Em vista da necessidade em combater a desnutrição e a mortalidade infantil, foi criado em 2003 o “Leite Fome Zero – Um Leite Pela Vida”, o programa é desenvolvido pelo governo estadual, em parceria com o Governo Federal.
O principal objetivo do programa, é combater a desnutrição e a mortalidade infantil em nossa região:  Vales do Jequitinhonha, Mucuri e do Norte de Minas. Pois, grande parte dessa população apresenta elevado grau de desnutrição, associado a índices alarmantes de analfabetismo e de mortalidade infantil.
Em 2011, a Secretaria de Estado para o Desenvolvimento dos Vales Jequitinhonha, Mucuri e do Norte de Minas (SEDVAN/IDENE), anunciou capacitações de produtores, fornecedores do “Programa Leite Fome Zero – Um Leite pela Vida”, afim de orientar os produtores sobre o bom manejo alimentar e sanitário do gado. Essas ações, juntamente com a capacitação e assistência técnica em inseminação artificial, têm como objetivo dar infra estrutura para incrementar a produtividade de leite na região.
As capacitações aconteceram nos municípios de Almenara, Santo Antônio do Jacinto, Araçuaí, Açucena, Belo Oriente, Buenópolis  Capelinha, Capitão Enéas, Catuji, Comercinho, Curvelo, Diamantina, Engenheiro Navarro, Espinosa, Francisco Sá, Icaraí de Minas, Itacarambi, Itamarandiba  Jaíba, Januária, Lagoa dos Patos, Malacacheta,  Manga, Mirabela, Montes Claros, Nanuque, Nova Porteirinha, Pintópolis, Ponto dos Volantes, Porteirinha, Salinas, São Francisco, Taiobeiras e Turmalina.
Segundo o (SEDVAN/IDENE), O “Programa Leite Fome Zero” distribui, 151,5 mil litros de leite diariamente, em 193 municípios, para famílias que possuem crianças de seis meses a seis anos de idade, gestantes, nutrizes e idosos.

Em Almenara

Moradores de Almenara reclamam na demora da distribuição do leite. “O leite está cada dia mais escasso, já se passaram uns 15 dias e nada !”, afirma uma moradora que não quis se identificar.
Antigamente, o leite era distribuído a cada três dias. Atualmente são distribuídos três litros de leite, a cada oito dias, e mesmo assim com atrasos, revela outro morador.

Os resultados

O índice de desnutrição no semiárido mineiro registrou queda de 50% durante o período 2004-2007 (de 10% para 5%).

O que é bom deve ser mantido, os dados acima mostram excelentes resultados. Será o fim do programa?

Para o Topo
error: Content is protected !!