Uncategorized

ALMENARA/MG SOBE NO RANKING DAS CIDADES MAIS RICAS DO VALE DO JEQUITINHONHA

Dados do IBGE mostram que Capelinha caiu para 4º, enquanto Pedra Azul e Almenara subiram

O IBGE divulgou no dia 11/12 os dados do PIB – Produto Interno Bruto dos 5.523 municípios brasileiros.
Os índices divulgados mostram que a produção de riqueza no Brasil continua concentrada nos grandes municípios como São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Belo Horizonte, Fortaleza, Recife e outros do interior do Brasil.
Mas, um dado interessante é que os pequenos municípios cresceram nos últimos 7 anos, devido à desconcentração de investimentos e as políticas de distribuição de renda e de programas sociais do Governo Federal.
O Vale do Jequitinhonha e parte do Norte de Minas cresceu seu PIB em R$ 2,75 bilhões, no período de 2005 a 2010. A média de crescimento dos seus municípios ficou em torno de 86%.
O valor do PIB regional somou R$ 5,779 bilhões, no ano de 2010, na soma da produção econômica de 62 municípios. O valor do PIB, em 2005, estava em R$ 3,026 bilhões.
O município que mais cresceu foi Grão Mogol  no Norte de Minas, com 301,2%, devido à instalação da Usina de Irapé, no rio Jequitinhonha, em 2006. Serro, Itamarandiba, Bocaiúva e Turmalina também deram saltos na dinamização de suas economias.
O município que permaneceu com a economia estagnada foi Berilo com 5% de crescimento. O município perdeu os recursos da Barragem de Irapé para Grão Mogol, embora a disputa continue na justiça. Cachoeira do Pajeú e Santa Maria do Salto foram outros municípios com pouco crescimento.

Mudança no Ranking 

Diamantina se mantém na ponta, e Capelinha que estava em segundo, cai duas posições e está em quarto, é ultrapassada por Pedra Azul e Almenara, já Itamarandiba, Araçuaí, Itaobim e Minas Novas permaneceram nas mesmas posições, na 9ª posição aparece Medina que ocupa o lugar de Jequitinhonha que caiu para 10ª.

Tabela com PIB das cidades do Vale do Jequitinhonha foi elaborada a partir de informações do IBGE

Os maiores PIBs da região estão com Bocaiúva Norte de Minas com R$ 410 milhões, devido à instalação de indústrias. Diamantina já no Vale do Jequitinhonha conta com um PIB de R$ 355,5 milhões, crescendo com a instalação, em 2005, da sede da UFVJM- Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri que possui orçamento de R$ 168 milhões, em 2012. Salinas e Pedra Azul ficam empatados com R$ 279 milhões e R$ 274 milhões, respectivamente.

FONTE: BLOG DO BANU / PORTAL ARANÃS

Para o Topo
error: Content is protected !!