Uncategorized

MINISTÉRIO DA SAÚDE APRESENTA PROGRAMA QUALIFAR-SUS PARA MUNICÍPIOS MINEIROS

Programa visa contribuir para a estruturação dos serviços no SUS

18 MUNICÍPIOS FORAM CONTEMPLADOS NESTA PRIMEIRA ETAPA DO PROGRAMA

O Ministério da Saúde realizou, em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais, no dia 30 de novembro, no auditório da Gerência Regional de Saúde de Pedra Azul, a 1ª oficina do Programa Nacional de Qualificação da Assistência Farmacêutica (Qualifar-SUS).
A oficina, que reuniu secretários de saúde e farmacêuticos de 18 municípios de Minas que foram contemplados nesta primeira etapa do programa, debateu o primeiro eixo do programa que trata da estrutura, que visa contribuir para a estruturação dos serviços farmacêuticos no Sistema Único de Saúde, de modo que estes sejam compatíveis com as atividades desenvolvidas na Assistência Farmacêutica, considerando a área física, os equipamentos, mobiliários e recursos humanos.

OBJETIVO DAS OFICINAS DO QUALIFAR-SUS FOI ORIENTAR MUNICÍPIOS AO USO DE RECURSOS

Segundo a coordenadora do Departamento de Assistência Farmacêutica do Ministério da Saúde, Karen Sarmento, o objetivo das oficinas do Qualifar-SUS foi orientar os 453 municípios do Brasil contemplados nesta primeira etapa de seleção do Programa em relação ao uso do recurso e as responsabilidades nas ações de qualificação da assistência farmacêutica no SUS. “Esta é a primeira vez que o Departamento de Assistência Farmacêutica se reúne com os municípios mineiros para discutir de forma tripartite as ações de qualificação da assistência farmacêutica na atenção básica. Para os municípios que ainda não possuem algum sistema de controle da Assistência Farmacêutica, o Departamento disponibiliza o Sistema Nacional de Gestão da Assistência Farmacêutica (Hórus)”, disse a coordenadora.
Ainda, segundo Karen Sarmento, os municípios que possuem até 25 mil habitantes, como é o caso de Água Boa, Águas Vermelhas, Arinos, Cachoeira de Pajeú, Caraí, Diogo de Vasconcelos, Divisópolis, Itacarambi, Jacinto, Jequitinhonha, Jordânia, Monto Formoso, Palmópolis, Pedra Azul, Piranga, Pontos dos Volantes e Santa Helena de Minas foram contemplados com o repasse de R$11.200,00 para aquisição de equipamentos e mobiliários para Central de Atendimento Farmacêutica (CAF) e farmácias. Já a cidade de Almenara que possui até 50 mil habitantes recebeu o total de R$22.400,00. “Além desse recurso, foi repassado em 2012 o valor de R$24.000,00 de custeio para todos esses municípios que terá continuidade de repasse trimestral em 2013 mediante o monitoramento das informações das ações de assistência farmacêutica na atenção básica”, disse.
Segundo a superintendente de Assistência Farmacêutica em Minas Gerais, Renata Cristina Macedo, a Secretaria de Estado irá concentrar as informações dos municípios que utilizam o Sistema Integrado de Gerenciamento da Assistência Farmacêutica (Sigaf) e retransmitir as mesmas à Base Nacional pelo serviço web (web service). Para a Secretária Municipal de Saúde de Almenara, Ana Mathilde Guimarães, a capacitação é de extrema importância para que os municípios não tenham problemas quanto à utilização e a prestação de contas dos recursos. “Ter o apoio da equipe de assistência farmacêutica do Ministério da Saúde é de fundamental relevância para que possamos estruturar o serviço nas nossas cidades e consequentemente conseguir reunir informações sobre o perfil da assistência”.

Critérios para seleção

Para fazer parte do programa, que tem como principal objetivo melhorar a assistência farmacêutica, os municípios devem ter até 100 mil habitantes e estarem inseridos no Programa Brasil Sem Miséria. O Qualifar-SUS possui quatro eixos: estrutura, que visa contribuir para a estruturação dos serviços farmacêuticos no SUS; educação, que busca promover a educação permanente e capacitação dos profissionais de saúde; informação, que visa produzir documentos técnicos e disponibilizar informações que possibilitem o acompanhamento, monitoramento e avaliação das ações e serviços da Assistência Farmacêutica; e cuidado, que busca inserir a Assistência Farmacêutica nas práticas clínicas visando a resolutividade das ações em saúde, otimizando os benefícios e minimizando os riscos relacionados à farmacoterapia.

MINISTÉRIO DA SAÚDE APRESENTA PROGRAMA QUALIFAR-SUS PARA MUNICÍPIOS MINEIROS

A diretora da Gerência Regional de Saúde de Pedra Azul, Djanira Araújo, lembrou destacou o protagonismo do Governo de Minas na estruturação da Assistência Farmacêutica, através do programa Farmácia de Minas. “Acredito que iremos avançar ainda mais, graças a integração que estamos estabelecendo entre os governos municipais, estadual e federal, não só pelo fato de estarmos recebendo os investimentos necessários para estruturarmos à assistência farmacêutica, mas, também, porque acredito que a humanização do atendimento e a qualificação dos nossos profissionais estão resultando em um melhor atendimento oferecido à população”, finalizou.
Para o Topo
error: Content is protected !!