Uncategorized

POLICIAL DE ALMENARA/MG É SUSPEITO DE SER DONO DA RODOVIÁRIA CLANDESTINA EM BH

Ninguém da empresa foi achado para comentar o assunto

PONTO DE APOIO DA CVA EM ALMENARA/MG (FOTO: DIVULGAÇÃO)

Um Policial Militar de Almenara  (MG) no Vale do Jequitinhonha, é suspeito de ser o proprietário de uma rodoviária clandestina em Belo Horizonte. A denúncia foi veiculada no noticiário da TV Alterosa, na noite de sexta-feira (14)
Segundo o DER , a empresa responsável pelo galpão é a CVA Viagens, com sede em Almenara, no Vale do Jequitinhonha.
O Departamento de Estradas e Rodagens de Minas Gerais (DER/MG) e a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) fizeram um pedido de um mandado de segurança para entrar na rodoviária clandestina que funciona há mais de dois meses na Avenida Antônio Carlos, no Bairro Lagoinha, Região Noroeste de Belo Horizonte.

Os agentes aguardam a decisão da Justiça para fazer buscas no local.

Na sexta-feira, vários órgãos estaduais se reuniram e decidiram montar uma força tarefa para coibir o transporte não regulamentado.
A reunião, marcada com caráter de urgência, aconteceu depois de várias denúncias sobre o transporte clandestino em Belo Horizonte.
De acordo com o DER, na capital há pelo menos quatro pontos usados como rodoviária não autorizada. Nesses locais, as passagens são vendidas com até 40% de desconto. “Reuniram as polícias civil e militar, PBH, Receita Estadual, Secretaria de Defesa Social, BHTrans e DER. Avaliamos o que já estava acontecendo. Decidimos montar uma força tarefa e entrar com o mandado de segurança. Isso isso visa garantir a prisão dos ônibus”, afirma o diretor de fiscalização do DER, João Afonso Baeta Costa Machado.

Conforto

No estacionamento, que funciona como rodoviária, impressiona a forma como os passageiros são tratados.

Segundo o DER, foram montados vários guichês e salas de espera com televisores para garantir conforto aos clientes. A estrutura é profissional e as empresas chegam a disponibilizar veículos de dois andares e com serviço de bordo.
O Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG) estima que existam cerca de dez rodoviárias irregulares espalhadas em território mineiro.
Para o Topo
error: Content is protected !!