Uncategorized

REPORTAGEM DO THE NEW YORK TIMES DESTACA TURISMO EM MINAS GERAIS

Reportagem do The New York Times afirma que turistas vão se surpreender com Minas Gerais

Reportagem do jornal norte-americano The New York Times, publicada na última sexta-feira (25/04), destaca os atrativos turísticos de Belo Horizonte, uma das cidades-sede da Copa do Mundo Fifa 2014. De acordo com a reportagem, os turistas que visitarem a capital mineira durante o período de realização do torneio internacional vão se surpreender com o que vão encontrar. Dentre as atrações de BH e região, o The New York Times cita o moderno estádio Mineirão, o Museu de Arte Contemporânea Inhotim, o Circuito Cultural da Praça da Liberdade, a vida noturna, os bares e a gastronomia do Estado.
A publicação internacional ressalta que o Mineirão, construído em 1965, foi modernizado para sediar a Copa do Mundo, sendo citado como uma “beleza do século 21.” No local vão ser realizados seis partidas do Mundial, inclusive uma semifinal, que poderá contar com a presença da seleção brasileira, e jogos da Argentina, Inglaterra e Bélgica. O jornal norte-americano também frisa que o Mineirão está próximo da orla da Lagoa da Pampulha, que conta com alguns dos primeiros trabalhos do arquiteto Oscar de Niemeyer ao seu redor, incluindo a “ondulante igreja São Francisco de Assis”.’
Na área gastronômica, o The New York Times evidencia a culinária mineira e as “inumeráveis opções de bares.” “Se não tem mar, vamos para o bar”, cita a reportagem, ao reproduzir o ditado popular que caracteriza o tipo de lazer predominante na capital mineira. Segundo o texto, os visitantes vão encontrar infinitas opções de cachaças artesanais e comidas de boteco variadas, especialmente no bairro Santa Tereza, reduto boêmio da cidade.
O The New York Times ainda enfatiza que iguarias da cozinha mineira, como o queijo, a cachaça e doces variados, podem ser encontradas no Mercado Central de Belo Horizonte. A reportagem destaca a “superabundância” desses e outros produtos tradicionais de Minas Gerais. “O doce de leite é servido em infinitas variedades em frascos ou por quilo. Ampla gama de marcas de cachaça pode ser encontrada aqui. E então há queijo, queijo, queijo”, destaca o texto.
Na área cultural, o jornal estadunidense enaltece o Museu de Arte Contemporânea Inhotim, próximo da capital mineira, apresentado como “a terra da fantasia artístico-botânica” e como uma das atrações mais sedutoras do mundo da arte. Para o The New York Times, o local é capaz de mudar toda a noção do que é um museu, com instalações provocantes, que levam o visitante a dançar, dormir e até mesmo dar um mergulho.
Em Belo Horizonte, os turistas podem visitar o Circuito Cultural da Praça da Liberdade, idealizado pelo Governo de Minas. A reportagem conta que os prédios do local foram transformados em museus modernos. “É um distrito museu diferente de qualquer outro no Brasil”, destaca. Dentre as atrações, segundo o texto, estão o Memorial Minas Gerais Vale, o Museu das Minas e do Metal e o Centro de Arte Popular Mineira.
Para o Topo
error: Content is protected !!