Uncategorized

SANTANA DO PARAÍSO/MG RECEBE MAIS TRÊS MÉDICAS CUBANAS

Na foto, o médico Francisco Duglas, o prefeito Zizinho, e as três novas médicas (Foto: D. Popular)

Três novas médicas cubanas, que vieram trabalhar no município de Santana do Paraíso através do Programa “Mais Médicos”, do Governo Federal, chegaram nessa quarta-feira (23), na cidade. As médicas foram recebidas pela equipe de governo que se reuniu, no final do expediente, para recepcioná-las.
As médicas recém-chegadas são Yanela Delgado Cuesta, Yarlis Elena Figueiredo Medina e Liubcha Pulgar Nunez, que antes de chegarem a Santana do Paraíso estiveram em Guarapari, no Espírito Santo e em Belo Horizonte, fazendo treinamento sobre a Língua Portuguesa e sobre o Sistema Único de Saúde – SUS. Elas disseram que durante o curso aprenderam inclusive expressões e gírias que são utilizadas no país, para compreenderem melhor os pacientes.
Falando sobre o Programa “Mais Médicos”, as médicas teceram muitos elogios. Liubcha Nunez disse que representa um ganho para o Brasil. “Com esse programa, o país poderá melhorar o atendimento e oferecê-lo em lugares que hoje não têm acesso ao atendimento médico”, declarou a médica.
Já Yarlis Elena avalia o programa como algo muito importante para a população. “Nosso objetivo é trabalhar para melhorar os índices de saúde da população, no caso, a comunidade de Santana do Paraíso. Caminhando pela cidade, vimos que as pessoas são muito acolhedoras”, disse Yarlis.
Perguntadas sobre a polêmica gerada pela vinda de médicos estrangeiros para o Brasil, e sobre a resistência de alguns médicos ao Programa, elas afirmaram que não vieram para concorrer com ninguém, querem apenas trabalhar. Yanela Delgado observou que o Programa vai atender populações de regiões carentes que não são atendidas por médicos. “O Brasil é um país muito grande e o acesso à saúde fica prejudicado muitas vezes. Acreditamos que iremos contribuir para melhorar os índices de saúde do município. Esse é o nosso propósito”, finalizou Yanela.

Complemento

Com a chegada das três médicas, o atendimento à saúde melhora bastante, pois serão implantadas mais três unidades de Estratégia de Saúde da Família – ESFs. O município já contava com o trabalho de um médico cubano, o doutor Francisco Duglas, que chegou no final do ano passado. Brevemente, a equipe completa estará engajada, juntamente com os demais médicos das unidades, para atenderem a contento a população paraisense.

VIA: G1

Para o Topo