Uncategorized

QUADRILHA QUE ADULTERAVA GARRAFAS DE CERVEJAS É PRESA EM MG

Garrafas mais baratas eram adulteradas com rótulos e tampas de cervejas como Skol e Brahma

A Polícia Civil apreendeu mais de 200 caixas de cerveja e prendeu seis suspeitos de adulterar rótulos da bebida, nesta terça-feira (20).
As investigações da Operação Gelada apontam que os envolvidos adquiriam cervejas de marcas mais baratas e desconhecidas, trocavam os rótulos e as tampas do produto, e revendiam como se fossem cervejas da Ambev.
A maior parte do material apreendido foi localizada no Depósito de Bebidas Aniceto G.B. Marques, em Curvelo, região Central de Minas Gerais, onde uma pessoa foi presa em flagrante. Em Várzea da Palma, no Norte do estado, a Polícia Civil recolheu 206 caixas de cervejas da Ambev, e enviou o material para análise da central da empresa, em Belo Horizonte.
Para dificultar a descoberta do golpe, as garrafas de cerveja adulteradas eram misturadas em engradados com garrafas autênticas. O esquema de falsificação funcionava em em várias regiões do Estado, segundo a Polícia Civil.
A ação faz parte da Operação Gelada da Polícia Civil, coordenada pelo delegado regional de Curvelo, André Pelli. Ele informou que a maior parte do material apreendido continha rótulos falsificados das marcas Skol e Brahma.

FONTE: O TEMPO

Para o Topo
error: Content is protected !!