Uncategorized

VEREADORES DE ESPINOSA/MG SÃO AFASTADOS POR SUSPEITA DE FRAUDE

MP pede afastamento de vereadores de Espinosa por suspeitas de fraudes

O Ministério Público de Minas Gerais pediu na manhã desta sexta-feira (23) o afastamento dos vereadores Wagner Lima de Souza e Gilberto Rocha Rodrigues, presidente e secretário da Câmara Municipal de Espinosa, no Norte de Minas Gerais. Os servidores são suspeitos de envolvimento criminoso de desvio de verbas públicas por meio de licitações fraudulentas.
 De acordo com a denúncia, os vereadores juntamente com outras duas servidoras municipais são acusados pelo Ministério Público de fraude envolvendo o aluguel de um veículo pertencente a uma prima do presidente da câmara. 
Segundo o promotor Eros Braga Biscotto, as investigações apontam que o grupo criminoso realizavam supostos super faturamentos em licitações e o prejuízo seria superior a R$ 30 mil, num período de nove meses.
Policiais apreenderam documentos na Câmara Municipal e nas casas dos envolvidos para serem analisados. Os vereadores e as servidoras não foram encontrados para falar sobre o assunto.

FONTE: G1

Para o Topo
error: Content is protected !!