Uncategorized

Festival de História agita Diamantina, MG em outubro

fHist Diamantina MG
Evento reunirá historiadores, escritores e jornalistas frente a frente com o público (Foto: Divulgação)

Com mais de três séculos de História, a cidade mineira de Diamantina, a 285 quilômetros de Belo Horizonte, se prepara para recepcionar neste segundo semestre o 3º Festival de História (fHist), com a temática “Diálogos Oceânicos”.
Será uma oportunidade única para debater os impactos culturais, sociais e econômicos da civilização portuguesa em diversos continentes, sobretudo no Brasil, em um momento de reflexão não apenas sobre o passado, como o presente e o futuro do País. O Festival de História ocorre, desde 2011, a cada dois anos.
Além de ser um marco para a cultura nacional, o festival, programado para os dias 8 a 11 de outubro, se apresenta como uma das principais programações de Diamantina este ano. Conferências, mesas de debates, oficinas de história, feira de livros e lançamentos com a presença dos autores, exposições e atrações artísticas e musicais integram a programação do festival, cujo formato inédito tem como missão democratizar o conhecimento dos temas da história, explica o jornalista Américo Antunes, um dos organizadores.
Todos os eventos serão abertos ao público, exceto os da Tenda da História na Praça Doutor Prado, cuja participação requer prévia inscrição no site do festival. A meia-entrada custa R$ 50,00 e a inteira R$ 100,00.
Em maio deste ano, uma edição semelhante à que está sendo programada para Diamantina foi promovida com muito êxito na cidade histórica de Braga, a terceira maior de Portugal. A previsão é de que o 3º fHist, em Diamantina, com dezenas de atrações nos belos palcos históricos e culturais de Diamantina, envolva cerca de cinco mil participantes.
Apresentado pelo Ministério da Cultura, o 3º fHist é uma realização da Stratégia e da Nota Comunicação, com as parcerias da Câmara Municipal de Braga, da Prefeitura de Diamantina, do IPHAN, da Universidade do Minho, da UFMG e do Ministério da Educação. O Festival tem ainda o apoio da Fundação SM, da Hplus Hotelaria, da Editora Ática, da Caixa, da Cemig e do Governo de Minas Gerais e patrocínio do BNDES.
Para o Topo
error: Content is protected !!