Uncategorized

PC prende mulher em flagrante durante assalto a ônibus, no Centro de BH

Mulher presa no centro de BH
Mulher foi presa após tentar assaltar passageiras do Move em BH (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Um assalto a ônibus foi evitado por policiais do Departamento de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e culminou na prisão em flagrante de Ana Carolina Romualdo, de 20 anos, no Centro de Belo Horizonte, na manhã desta quarta-feira (19). Simulando estar armada, ela chegou a manter como refém duas adolescentes passageiras do Move da Linha 83-D (São Gabriel/Centro), quando populares perceberam a presença da viatura policial e pediram a ajuda dos policiais da 3ª equipe de plantão do DHPP, na esquina entre as ruas Santos Dumont e Rio de Janeiro.
Os policiais voltavam de uma diligência e, diante do alerta dos solicitantes, entraram no ônibus para checar a denúncia. A suspeita se mostrou bastante agressiva no momento da abordagem. Tratando a equipe de forma ríspida, ela se recusou a fornecer dados que permitissem sua identificação e ainda colocou as mãos dentro da blusa, como se fosse sacar uma arma. Para garantir a segurança das vítimas e demais ocupantes do ônibus, os policiais imobilizaram, algemaram e conduziram imediatamente a mulher para a sede do DHPP, já que temiam que a aglomeração de pessoas formada no local, devido ao fechamento do trânsito, resultasse em uma tentativa de linchamento da suspeita pela população.
Em depoimento na delegacia, as vítimas da tentativa de assalto disseram que foram abordadas por Ana Carolina ainda na estação São Gabriel. Durante todo o trajeto, segundo elas, a autora dizia que era traficante e que estaria armada, alegando ainda que iria matar as duas passageiras, com a ajuda de três homens, assim que chegassem ao Centro, para roubar seus pertences.
Diante da recusa de Ana Carolina em apresentar sua versão dos fatos, a delegada Ingrid Estevam a autuou em flagrante por roubo. De acordo com a delegada, é de fundamental importância que outras vítimas procurem a polícia para fazer o reconhecimento da suspeita, que pode estar envolvida em outros crimes. Participaram da prisão o chefe de equipe Gilmar Aparecido e os investigadores Rodolfo Chateaubriand e Juliano Natalino.
Mulher presa no centro de BH
Segundo a polícia, populares ajudaram na prisão da suspeita (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Para o Topo
error: Content is protected !!