Uncategorized

Polícia Civil investiga crimes cometidos na Câmara Municipal de Santa Bárbara, MG

Polícia Civil investiga crimes cometidos na Câmara Municipal de Santa Bárbara
Polícia Civil instaurou inquérito após denúncias realizadas por um ex-contador da Câmara Municipal (Foto: Divulgação)

Denúncias realizadas por um ex-contador da Câmara Municipal de Santa Bárbara levaram a Polícia Civil a instaurar inquérito para investigar compras irregulares que teriam sido efetuadas pelo chefe de gabinete do presidente do órgão. As irregularidades teriam sido a motivação para a demissão do funcionário da Câmara.
Uma comissão para apuração interna foi instaurada, mas ainda não progrediu. De acordo com o delegado responsável pelas investigações Domiciano Ferreira Monteiro de Castro Neto, o inquérito foi aberto para apurar os crimes de peculato e dispensa ilegal de licitação. “Foram comprados pela Câmara Municipal bens em valores superiores ao permitido e sem obedecer as exigências legais. Além disso, diversos objetos adquiridos levantam suspeitas, sendo constatada compra até mesmo de jogo de cama de casal e utensílios domésticos e decorativos”, informou.
Ainda segundo Domiciano, alguns documentos foram obtidos e as oitivas já tiveram início. Nesta terça-feira (24), a chefe de gabinete Maria Aparecida Ferreira da Silva e Silva prestou declarações, mas o inquérito ainda demanda diligências para apontar a responsabilidade de todos os envolvidos, que podem ser condenados por até 15 anos de prisão.
Para o Topo
error: Content is protected !!