Uncategorized

Polícia Civil prende suspeitos de série de homicídios em Igarapé e região

[tab]
[content title=”Vídeo”][/content]
[content title=”Foto 1″]

Grupo suspeito é preso por série de homicídios em Igarapé e região
Homicídios foram registrados no município e na Região Metropolitana (Foto: Divulgação/PCMG)

[/content]
[content title=”Foto 2″]

Polícia Civil prende suspeitos de série de homicídios em Igarapé e região
Dentre os presos, está o líder do grupo, Matheus Henrique da Silva, conhecido como Arco (Foto: Divulgação/PCMG)

[/content]
[/tab]

Policiais civis da Delegacia de Igarapé, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, prenderam, no dia 11 de novembro, em São Joaquim de Bicas, sete integrantes de uma organização criminosa responsável por pelo menos 18 homicídios registrados no município e na Região Metropolitana. O último dos assassinatos ocorreu na mesma data das prisões, quando dois jovens de 19 anos, Douglas Silva de Paula, conhecido como “Doguinha”, e Hiago Veronez Neubaner, suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas em Igarapé, foram assassinados a tiros, no município de São Joaquim de Bicas.
Dentre os presos, está o líder do grupo criminoso, Matheus Henrique da Silva (conhecido como Arco), que teria planejado os assassinatos. De acordo com as apurações, a motivação do crime seria uma disputa pelo tráfico de drogas existente entre o grupo de Matheus e as vítimas, que teriam subtraído porções de drogas pertencentes ao bando.
A partir de interceptações telefônicas, a polícia descobriu que Matheus e outras seis pessoas teriam executado Douglas e Hiago a tiros, em uma mata da região do bairro Pousada das Rosas, em São Joaquim de Bicas. O veículo usado pelos os suspeitos para a fuga foi interceptado pela equipe de policiais civis no local, sendo presos o motorista Célio César Ferreira e a companheira de Matheus, Karolaine Camilo de Oliveira.
O restante do grupo, contudo, conseguiu fugir a pé pela mata em outro veículo, que estava escondido no bairro Serra Verde, também em São Joaquim de Bicas. Após buscas, a polícia localizou este segundo veículo, onde estavam Matheus, Daniel Francisco dos Santos, Guilherme de Paula Silva e o casal Ramsés Fernandes Bahia e Gedália Pereira Lucindo. Todos foram presos em flagrante.
Com os suspeitos, a polícia apreendeu um revólver calibre .38 e um canivete, que tinham sido utilizados no crime.  De acordo com a delegada Carolina Carneiro, que coordenou as investigações, os levantamentos prosseguem de modo a confirmar a participação dos suspeitos em outros casos de homicídios, registrados desde 2014, sobretudo, nos bairros Resplendor, Roseiras e Industrial, em Igarapé. “Agora que os suspeitos foram presos e o material utilizado no crime apreendido, poderemos cruzar os dados dos suspeitos para avançar nas investigações dos inquéritos de homicídios já em andamento”, afirmou a delegada.
Para o Topo
error: Content is protected !!