Uncategorized

Polícia prende homem que se passava por milionário para furtar joias em MG

Polícia Civil prende homem que se passava por milionário para furtar joias
Falso milionário preso (Foto: Divulgação/PCMG)
Policiais da 5ª Delegacia Especializada em Repressão às Organizações Criminosas (Deroc), do Departamento Estadual de Operações Especiais (Deoesp), prenderam, na última terça-feira (17), Júlio César da Silva, de 39 anos, suspeito de cometer diversos furtos se passando por milionário. Ele era considerado foragido da Justiça e contava com três mandados de prisão em aberto.
De acordo com as investigações, Júlio César entrava em contato com diversas imobiliárias com a falsa promessa de adquirir imóveis de alto padrão e, durante as visitas, furtava jóias sem que as vítimas notassem. “Ele se apresentava como empresário de Governador Valadares, detentor de helicóptero e bens de luxo, porém, em dado momento, se aproveitava do descuido das vítimas e subtraía joias sem que ninguém notasse”, informou o delegado responsável pelas investigações, Daniel Balthazar.
Ainda segundo Balthazar, dois proprietários de imóveis localizados no bairro Luxemburgo, em Belo Horizonte, tiveram um prejuízo de mais de R$50 mil provocados pelas ações de Júlio César. Por meio da análise do circuito interno de segurança de um dos prédios, a polícia conseguiu identificar a autoria dos furtos.
Na delegacia, o suspeito confessou os crimes e, posteriormente, foi encaminhado ao Presídio Inspetor José Martinho Drumond, em Ribeirão das Neves, onde se encontra à disposição da Justiça.
Para o Topo
error: Content is protected !!