Uncategorized

Radares meteorológicos ajudam melhorar previsão do tempo em MG

As informações obtidas pelo monitoramento são interpretadas e transformadas em avisos meteorológicos e informações para a Defesa Civil
Trabalho de monitoramento realizado na sala de situação do Simge, na Cidade Administrativa (Foto: Divulgação/Janice Drumond)

Com o início do período chuvoso, o Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam) redobra a vigilância sobre os eventos hidrometeorológicos para minimizar os possíveis efeitos das cheias para a população. O Instituto é o responsável por disparar os avisos meteorológicos para que os municípios, através da sua Defesa Civil ou agente comunitário, tomem as providências necessárias para avisar a população.
Os radares meteorológicos localizados em Mateus Leme, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), Almenara e São Francisco são um aprimoramento na prevenção aos efeitos das chuvas.
O equipamento alcança 324 municípios localizados na Zona Metalúrgica e Campo das Vertentes, boa parte da Bacia do Rio Doce, da Zona da Mata e do Alto São Francisco, 68 no Vale do Jequitinhonha e 82 no Norte de Minas, e permite antecipar ocorrências de chuva, granizo, intensidade dos ventos e a velocidade de deslocamento das tempestades.
O monitoramento é realizado 24 horas por dia na Sala de Situação de Eventos Críticos e Hidrológicos de Minas Gerais, localizada na Cidade Administrativa em Belo Horizonte. As informações obtidas pelo monitoramento são interpretadas e transformadas em avisos meteorológicos e informações, que são enviados para os órgãos de Defesa Civil municipais e estadual para que tomem as medidas necessárias.
“Os alertas gerados permitem que as autoridades, na tomada de decisão, retirem ou não a população das áreas atingidas por tempestades e enchentes, minimizando perdas materiais e humanas”, explica a gerente de Monitoramento Hidrometeorológico e Eventos Críticos do Igam, Jeane Dantas de Carvalho. “Os avisos são enviados por SMS para os 853 municípios mineiros que estão cadastrados junto ao Igam”, completa.
O trabalho de monitoramento e vigilância atmosférica realizado pelos técnicos do Igam conta ainda com informações de outras ferramentas agregadas à utilização de radares meteorológicos. “Imagens de satélite, a rede de estações meteorológicas, os sistemas de detecção de raios são alguns dos instrumentos que nos permitem fazer previsões meteorológicas mais exatas e emitir os alertas rapidamente”, observa Jeane Dantas.
As previsões e todas as informações hidrometeorológicas levantadas pelo Igam estão disponíveis na internet no site do Sistema de Meteorologia e Recursos Hídricos de Minas Gerais: www.simge.mg.gov.br.

As informações são da “Agência Minas”.

Para o Topo
error: Content is protected !!