Uncategorized

Operação prende quadrilha ligada ao tráfico de drogas em Santa Luzia, MG

PC prende quadrilha ligada ao tráfico de drogas em Santa Luzia
Polícia cumpriu de mandados de prisão e de busca e apreensão (Foto: Divulgação/PCMG)

Mais de 80 policiais civis do Departamento de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) participaram, na manhã desta quinta-feira (17), da “Operação Natal Seguro 3 – Fronteira”, para cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão, visando desarticular uma rede de tráfico de drogas que atuava na divisa entre Santa Luzia e Belo Horizonte.
Realizada com apoio do Núcleo de Operações Aéreas da Polícia Civil, a ação resultou na prisão de 12 pessoas e na apreensão de três veículos, além de munição e dinheiro. O grupo criminoso, alvo da ação policial, comandava pontos de venda e distribuição de drogas nos bairro Londrina, em Santa Luzia, e no Bairro Zilah Spozito, na capital.
A Delegacia Especializada em Homicídio de Santa Luzia iniciou as investigações a partir de um assassinato que tem Guilherme Rodrigues, (mais conhecido como “Jabá”), de 22 anos, líder no tráfico na região, como suspeito de ser o mandante. Segundo o delegado Christiano Xavier, que coordenou as investigações, ficou apurado que Guilherme, juntamente com o comparsa Júnio Alves Viana (o “Jucão”), de 27 anos, comandavam o tráfico de drogas e faziam ameaças e ataques a outras gangues, incluindo até mesmo sessões de tortura.
No “organograma” do grupo criminoso, que possui pelo menos quatro pontos de vendas e distribuição de drogas, Guilherme exercia o comando. Por meio de investigação foi possível individualizar a conduta e função de cada membro da organização.

Indiciados

Além de Guilherme Rodrigues e Júnio Alves, foram cumpridos mandados de prisão contra César Batista da Silva (o “Neném”), de 32 anos, Cláudia Batista de Souza (a “Claudinha”), de 31, e Ederson Martins dos Santos, (o “Hebinho”), de 18. Também foram presos Fábio Rodrigues (o “Bim”), de 20 anos, Jonathan Madeira de Souza, (o “Dedeu”), de 19, Thales Augusto Muniz de Oliveira, (o “Sapo”), de 20, Egídio Jardim Pereira Júnior, de 23, Orival Felício dos Santos, (o “Preto”),  de 32, Júlia Graziele Santos da Silva, (conhecida como “Julhão”), de 32, e Estênio da Silva Rufino, de 20. 
Oito pessoas continuam foragidas, sendo elas Isaias da Silva Cavendish (o “Caverna”), 26 anos, Wesley Pereira Caetano (o “Rolinha”), de 22, Wesley Sá Freitas, (o “Ezinho”), de 20, Max Gleuber Lemos da Cruz, Roger Júnio Luiz Ananias, de 24, Magno Rodrigues dos Santos, de 24, Wesley Salomão, (o “Capixaba”), de 23, e Clenison Henrique de Franca Monteiro (o “Ninho”), de 23. Todos os envolvidos foram indiciados pelo crime de associação para o tráfico de drogas.

PC prende quadrilha ligada ao tráfico de drogas em Santa Luzia
Operação foi deflagrada pela PC em Santa Luzia e Belo Horizonte (Foto: Divulgação/PCMG)

Por meio de investigações realizadas em parceria com o Setor de Inteligência do Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) da Gameleira, a Polícia Civil apurou que Guilherme e Júnio comandavam o tráfico de drogas de dentro daquela unidade prisional. A estratégia utilizada pelos dois era a de ordenar que mulheres levassem até a cadeia drogas escondidas em suas partes íntimas. O monitoramento dos presos possibilitou que o esquema fosse descoberto e cessado.
Para o Topo
error: Content is protected !!