Uncategorized

Polícia Civil inicia mudanças com base em nova diretriz gerencial

Polícia Civil de Minas Gerais inicia mudanças com base em nova diretriz gerencial
Alterações mais emblemáticas ocorreram nos departamentos (DIHPP) e (Deoesp) (Foto: Divulgação/PCMG)

A edição desta quinta-feira (10) do Diário Oficial, o “Minas Gerais”, publicou as primeiras mudanças promovidas pela chefe da Polícia Civil, delegada Andréa Vacchiano, no gerenciamento das unidades operacionais responsáveis pela investigação policial no estado. “Outras alterações ainda serão oficializadas para adequar os órgãos policiais, bem como as respectivas delegacias a eles subordinadas, a um modelo de gestão pautado por indicadores e capaz de fazer avaliações periódicas dos resultados no âmbito da instituição e do Sistema de Defesa Social, com foco na segurança do cidadão”, antecipou Andréa Vacchiano. 
Ainda nesta quarta-feira, a chefe da Polícia Civil reuniu o Conselho Superior da instituição com as chefias de departamentos territoriais e especializados que compõem o segundo escalão. A elas foram apresentadas as diretrizes básicas da nova gestão. No encontro também foram discutidos temas ligados às atividades de Polícia Judiciária e repassadas orientações para que os departamentos atuem de acordo com tais diretrizes, porém com autonomia suficiente para se adequarem às necessidades de suas regiões e áreas de atuação.
Entre as alterações publicadas hoje, as mais emblemáticas ocorreram nos departamentos de Combate ao Narcotráfico (Denarc), de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (DIHPP) e de Operações Especiais (Deoesp). Após ser transformado em Denarc, com base em ato do governador Fernando Pimentel, publicado no início de novembro, o antigo Departamento de Investigação Antidrogas agora será chefiado pelo ex-delegado regional de Betim, Kleyverson Rezende.

Polícia Civil de Minas Gerais inicia mudanças com base em nova diretriz gerencial
Mudanças foram publicadas no Diário Oficial de Minas Gerais (Foto: Divulgação/PCMG)

O novo chefe do DIHPP é o delegado Luiz Flávio Cortat, que estava à frente da Divisão Especializada de Crimes contra a Vida, no mesmo departamento. Já o delegado Osvaldo Wiermann assume a Divisão Especializada de Referência da Pessoa Desaparecida. O Deoesp, que após ser mantido como divisão por um período acabou retomando a condição de departamento, agora tem como chefe o delegado Ramon Sandoli. Ele deixa a coordenação do Núcleo de Operações Aéreas da Polícia Civil.
A delegada Ana Maria dos Santos Paes da Costa assume o 2º Departamento de Polícia Civil, sediado em Contagem e que tem outros 18 municípios sob sua área de abrangência. Já o cargo de regional de Contagem, até então ocupado pela delegada Ana Maria, fica com o delegado Felipe Dias Falles, que respondia pela Divisão Especializada de Investigação de Fraudes.
Para o Topo
error: Content is protected !!