Uncategorized

Tomate transforma Minas em Bahia no carnaval de Muzambinho

Pelo segundo ano consecutivo cantor deixa a Bahia para puxar o Bloco Vermes e Cia, em Muzambinho (Foto: Brasilera Comunicação)

Depois de arrastar o bloco “Fissura 77”, no circuito Dodô (Barra Ondina), em Salvador, durante o fim de semana, o artista abriu a noite de shows desta segunda (8) em Muzambinho, Minas. Logo na primeira música Tomate já avisa: “Insana! Assim será nossa folia Vermes e Cia”. Pela segunda vez o cantor deixou a Bahia durante o carnaval para se apresentar no Bloco Vermes e Cia. “Fui muito bem recebido em Muzambinho no último ano, não podia deixar de voltar aqui”.

Com um show elétrico, o axezeiro incendiou o público por mais de duas horas. Como de costume, a energia era tamanha que o artista não queria sair do palco. “Hoje eu não sei nem o meu nome, a festa será insana e não tem hora pra acabar”, afirmava.

Há mais de um ano sem lançar nenhum hit, Tomate apresentou aos mineiros suas novas apostas para o axé, “Docinho de Amor” e “Bote fé”. Com repertório variado que foi de Safadão à Ivete e sertanejo, a multidão cantou cada verso em “Balançaê”, “Parará”, “Te Espero no Farol”, “Disco de Raul”, “Uh Bebê.

Assim que encerrou a apresentação, Tomate fez questão de atender os fãs que o aguardavam na porta do camarim. Afônico, o cantor recebeu a todos e mandou um recado à produção do bloco. “Já deixo avisado que quero voltar ao Vermes e Cia em 2017!”.

Se o desejo do artista for realizado, a logística do próximo ano será ainda mais apertada. Tomate é um forte candidato a assumir o comando do “Arrastão”, já que Ivete Sangalo, a tradicional “capitã” do bloco, comunicou que 2016 será a ultima vez que ela se apresentará na despedida do carnaval de Salvador, na Quarta de Cinzas.

O cantor saiu de Muzambinho direto para o aeroporto com destino à Salvador, onde ele se apresenta na noite de hoje. E o último dia de folia do Bloco Vermes & Cia será comandado pelo sertanejo de Bruno e Barretto e o suingue do Melanina Carioca.

Como de costume, a energia era tamanha que o artista não queria sair do palco (Foto: Brasilera Comunicação)

Axezeiro incendiou o público por mais de duas horas (Foto: Brasilera Comunicação)

Tomate saiu afônico do palco e avisar: “Quero voltar em 2017!” (Foto: Brasilera Comunicação)
Para o Topo
error: Content is protected !!