Uncategorized

Polícia Civil entrega cadeia de Capelinha, MG

Polícia Civil entrega cadeia de Capelinha, MG
Em Capelinha, a Suapi assume a administração da cadeia pública com 89 presos (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil de Minas Gerais finalizou, nesta quinta-feira (18), a entrega da administração da cadeia pública de Capelinha para a Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi).
O superintendente de Polícia Judiciária da Polícia Civil, Luis Flávio Cortat, destacou a importância da transferência da administração das cadeias públicas. “Com estas ações, a Polícia Civil comemora o retorno dos policiais para a atividade-fim – a investigação – com o objetivo de esclarecer crimes e proporcionar maior segurança para a sociedade mineira”, ressaltou.
Em Capelinha, a Suapi assume a administração da cadeia pública com 89 presos, o maior quantitativo de detentos assumidos em uma unidade pela subsecretaria desde o início da efetivação do plano de transferência.
A unidade que existia em Minas Nova, com 28 presos, também foi desativada. Seguindo o cronograma estabelecido, foram assumidas as cadeias públicas dos municípios de Turmalina (16/08), Itamarandiba (17/08) e Capelinha (18/08), sendo também desativada a Cadeia de Minas Novas (18/08).
“Esta ação vai qualificar os trabalhos investigativos na área da Delegacia Regional de Capelinha, uma vez que diversos policiais empregados em serviços de escolta, guarda e administração das cadeias poderão ser utilizados na atividade-fim da Polícia Civil”, ressaltou o delegado da Polícia Civil Thiago Rocha.
Até o momento, 25 cadeias públicas foram passadas para a administração da Suapi. Na próxima semana, também na região Central de Minas Gerais, serão assuntas as cadeias públicas de Várzea da Palma (22/08), Buritis (23/08), Corinto e Buenópolis (24/08), Três Marias (25/08) e Aerado (26/08).
De acordo com o fluxo estabelecido, em cronograma deliberado interinstitucionalmente entre a Suapi e a PCMG, de 1º de setembro até o dia 5 de outubro, outras 20 transições irão acontecer. O plano elaborado pela Polícia Civil e pela Secretaria de Defesa Social (Seds) pretende transferir cerca de 4.300 presos para a Subsecretaria de Administração até 21 de março de 2017.
Para o Topo
error: Content is protected !!