Uncategorized

Prefeitura de Coronel Murta, MG afasta servidores suspeitos de desviar recursos, diz site

Servidores suspeitos de irregularidades, são afastados da prefeitura de Coronel Murta
Os dois funcionários ficarão afastados da prefeitura até conclusão de sindicância (Foto: Arquivo/Gazeta de Araçuaí)

O chefe do departamento de Planejamento, Orçamento e Contabilidade, e o chefe do departamento de Recursos Humanos da prefeitura municipal de Coronel Murta (MG), no Vale do Jequitinhonha, foram exonerados das funções de confiança, na manhã de sexta-feira, 23 de setembro, e afastados dos cargos de agentes administrativos por 15 dias, até a conclusão de uma sindicância administrativa que vai apurar as irregularidades praticadas por eles.
As informações foram postadas no jornal “Gazeta de Araçuaí”. De acordo com a matéria publicada, os dois funcionários confessaram a participação nas irregularidades:
“Reconheço meu erro e estou profundamente arrependido. Estava passando por dificuldades financeiras. Vou enfrentar as punições e responderei na Justiça pelos meus erros”, disse à reportagem, o chefe do departamento de Contabilidade, Valdiney Pereira da Silva, 42 anos, que recebeu de forma irregular nos últimos dois anos, R$ 11.386 reais. Ele era responsável pelos empenhos das folhas de pagamento.
Já o chefe do departamento de Recursos Humanos, Antonio Hermes Jardim Nascimento, de 52 anos, disse que cometeu as irregularidades para ajudar o colega de trabalho. Nascimento era o responsável pelo lançamento dos valores nas folhas de pagamento e recebeu, nos últimos dois anos, R$ 10.229 reais. “Erramos e agora é pagar pelos nossos erros”, disse Antonio Hermes.
Os dois funcionários, são agentes administrativos efetivos desde 2007 e respondiam pelos cargos de confiança desde 2001.
Para o Topo
error: Content is protected !!