Minas Gerais

Pimentel diz que vai processar sargento Rodrigues por calúnia

O governador de Minas Gerais Fernando Pimentel (PT) disse nesta segunda-feira (2) que vai processar o sargento Rodrigues (PDT) por calúnia e difamação e falsa acusação de crime. O militar divulgou um vídeo em que aparece junto ao filho no condomínio de luxo Escarpas do Lago, no município de Capitólio, antes de embarcar no helicóptero oficial do governo.

Em seu perfil no Facebook, Pimentel explicou que, “o deslocamento do governador em aeronave está previsto em lei, e o uso é regulado por decreto de 2005. Ou seja, nenhuma novidade, nada ilegal ou irregular”, explicou.

O governador disse ainda que na verdade foi ao Escarpas Lago, no domingo (1º), com a intenção de ficar o dia lá, com o filho, para passar o Réveillon na casa de amigos. “Ainda no vôo de ida, ele comunicou-se comigo, dizendo que não se sentia bem, e perguntava se não me incomodaria voltar mais cedo com ele para BH, em vez de almoçar lá. Obviamente, eu concordei e voltamos juntos, logo após o pouso, ainda pela manhã”.

Segundo o governador, “os ataques fazem parte dessa campanha insidiosa, de um pequeno setor da oposição, que conhece perfeitamente a lei e o decreto de que falei, e que, a todo o tempo, tenta atrapalhar e prejudicar o Estado, em vez de ajudar a unir os mineiros no enfrentamento da crise”, finalizou.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo