Minas Gerais

Parlamentares querem visitar familiares de cabo assassinado em Santa Margarida, MG

Foto: Divulgação/ALMG

A Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) aprovou requerimento para que seja realizada uma visita aos familiares do cabo Marcos Marques da Silva, morto em tentativa de assalto a banco no município de Santa Margarida (Zona da Mata), na última segunda-feira (10/7/17).

A atividade foi solicitada na reunião desta quinta-feira (13), pelo presidente da comissão, deputado Sargento Rodrigues (PDT); pelo vice-presidente, deputado Cabo Júlio (PMDB); e pelos deputados João Leite (PSDB), Fred Costa (PEN) e João Vítor Xavier (PSDB).

De acordo com a Polícia Militar, na manhã de segunda, oito criminosos armados com espingardas calibre 12 e fuzis assaltaram uma agência do Banco Sicoob na cidade. Em seguida, seguiram para o Banco do Brasil, quando houve troca de tiros e dois vigilantes foram baleados, sendo que um deles também morreu.

Os criminosos fizeram dois reféns e fugiram em uma picape com as vítimas servindo de escudo. Na fuga, os assaltantes foram surpreendidos por uma guarnição da PM e reagiram a tiros. O cabo Marcos foi baleado e faleceu. O policial, de 36 anos, e o vigilante, Leonardo José Mendes, de 53, foram sepultados na terça (11).

Para o deputado Sargento Rodrigues, os tiros que tiraram a vida do militar foram dados “na sociedade” e defendeu que é preciso valorizar o trabalho dos servidores da segurança no Estado, que atuam, de acordo com ele, como verdadeiros heróis.

Para o Topo
error: Content is protected !!