Sul/​Sudoeste de Minas

Banana é tema central de festival gastronômico de Silvianópolis, MG

Chef Tanea Romão é uma das participantes; Governo de Minas Gerais é um dos patrocinadores do evento

Foto: Divulgação/SEC

O slogan “Sim! Nós temos banana!” centraliza o tema do 4º Festival Sabores e Saberes de Santana, evento multicultural que acontece de 1 a 3 de setembro na cidade de Silvianópolis, carinhosamente chamada de Santana. Durante a programação, delícias da culinária mineira serão elaboradas por chefs convidados e também por gente da terra. Moqueca de banana, parmegiana de casca de banana e matula tropeira de feijão com banana são algumas das saborosas receitas preparadas pelos cozinheiros. Arte, cultura e troca de conhecimentos, aliados à receptividade calorosa da região, tornam o evento ainda mais imperdível. O Governo de Minas Gerais é um dos patrocinadores.

O cenário bucólico do espaço do evento com casinhas de pau a pique, forno e fogão à lenha, será decorado com bananeiras e cachos de banana remetendo o visitante aos bananais que circundam a cidade. O slogan contagiou a comunidade que ganhou até música com o título Ouro… ipê e banana tudo aqui em Santana!, de autoria da Secretária de Educação e Cultura, professora Maria Jose Franco Fernandes, que será apresentada na abertura do evento, com regência da professora Lucimara Goulart de Paula Correa.

A banana é a inspiração para chefs e profissionais de gastronomia convidados para desenvolverem receitas especiais, algumas elaboradas especialmente para o evento. A chef Tanea Romão, de São Paulo, irá preparar as tachadas Moqueca de Banana e Parmegiana de casca de banana, além de ministrar palestra com o tema Aproveitamento Integral da Fruta. Também de São Paulo, o chef Adan Garcia, do Leitão de Gravata, irá preparar a Matula Tropeira de Feijão com Banana. No menu, mais atividades gastronômicas, entre elas, a oficina de preparo da biomassa de banana verde. Nas tendas dos expositores com foco na culinária mineira, algumas inovações culinárias à base de banana. Quitutes de banana, entre eles o virado de banana, estão à venda na vendinha da roça.

A jornalista Ana Beraldo, uma das produtoras do evento, avalia a importância da banana para a região, e o potencial do ingrediente que o festival gastronômico quer explocar. “Não queremos só apresentar receitas criativas elaboradas com a banana, mas despertar o desejo na comunidade de produzir, ainda que de forma artesanal, produtos à base de banana, além de incentivar novos plantios da fruta no município”. Para ampliar o conhecimento sobre o assunto, integra a programação a Roda de Conversa A Produção de Banana no Sul de Minas, sob a coordenação do extensionista agropecuário da Emater/Silvianópolis, Daniel de Oliveira, com relato de experiência do produtor de banana Carlos Henrique Fernandes (Pitoco), um dos maiores produtores de banana na cidade.

A programação cultural é eclética e inclui atividades para todas as idades. Na abertura do festival o palco é preenchido pela banda Z-Britos (Beatles Cover), de Pouso Alegre. No sábado, o convidado especial é o baterista Fernando Deluqui, da banda RPM, que fará show com a Patronagens Band, de Santa Rita do Sapucaí. No domingo é a vez da Camerata JKO, do Conservatório Estadual de Música de Pouso Alegre, que encerra a programação. No menu cultural, mais atividades, entre elas o teatro de rua Ópera Dindinha com o grupo Misturança, de Pouso Alegre, e oficina de terra crua ministrada pela artista plástica Fátima Dutra e pela arquiteta Ângela Marques, também de Pouso Alegre.

Entusiasta do projeto, o prefeito de Silvianópolis, Vitor Neri de Morais, fala da importância do evento para o município. “O festival movimenta a cidade, traz turistas, abre novas oportunidades para comerciantes e pessoas que trabalham na informalidade melhorarem seus ganhos, além de divulgar nossa terra”.

Sobre a temática deste ano Sim, nós temos banana, a secretária de Educação e Cultura, Maria José Franco Fernandes, é enfática. “Será o retrato fiel de um povo que faz da lavoura a cultura do verde que, em amarelo se transforma, e das folhas largas da bananeira surge o seu grande cenário de vida”.

A realização do evento é da Prefeitura de Silvianópolis com parte do patrocínio do Governo do Estado por meio da Cemig. A produção é da jornalista e produtora cultural Ana Beraldo, da Anauá, e da profissional de gastronomia Rogéria Aires, da Rogéria Aires Gourmet.

Programação
Quinta-feira, 31 de agosto
19h – Sarau Saberes de Santana e da Vizinhança
Casarão do Homerinho Brasil e da Lúcia Brasil – Silvianópolis

Sexta-feira, 1 de setembro
18h – Abertura das tendas
18h30 – Apresentação jiu jitsu- alunos do Cras – coordenação: prof. Luis Paulo de Souza
19h – Companhia de Reis Centenária – Silvianópolis
19h30 – Grupo de Seresta de Santana – Silvianópolis
20h – Abertura oficial do evento
Apresentação do Coral do Ciemsa
Música: Ouro… ipê e banana tudo aqui em Santana!
Letra: Maria José Franco Fernandes (Secretária M. de Educação e Cultura)
Regência: professora Lucimara Goulart de Paula Correa
21h – Tachada Moqueca de Banana – chef Tanea Romão – São Paulo
22h – Lê Guimaraes Canta Elas – Cachoeira de Minas
23h30 – Apresentação musical – Sabrina Castro – Silvianópolis
24h – Z-Britos – Beatles Cover – Pouso Alegre

Sábado, 2 de setembro
9h – Intervenção artística na casinha de pau a pique – Oficina gratuita de terra crua – Fátima Dutra [artista plástica] e Ângela Marques [arquiteta]
10h – Abertura das tendas
Durante o dia – Apresentação musical – Talentos de Santana e da Vizinhança
10h às 20h – Exposição de artesanato – Arteiras de Santana – Silvianópolis
13 – Palestra Aproveitamento Integral da Banana – chef Tanea Romão – São Paulo
15h – Oficina As qualidades nutricionais da banana – chef Avner Pires [professor] – Curso de Gastronomia e de Nutrição da Univás – Pouso Alegre
15h – Apresentação do teatro de rua Ópera Dindinha – Grupo Misturança de Teatro – Pouso Alegre
16h – Concurso Gastronômico – Sim, Nós Temos Banana
18h – Roda de Conversa – A Produção de Banana no Sul de Minas
Relato de experiência: Carlos Henrique Fernandes (Pitoco)
Coordenação: Daniel de Oliveira, extensionista agropecuária da Emater –
Prédio do Silviano Brandão (Grupo Velho) – Silvianópolis
18h – Apresentação Ballet do Cras – coordenação: professora Jéssica Bernardo da Silva – Silvianópolis
18h30 – Apresentação do Coral do Cras – regente: professora Maria José Pereira – Silvianópolis
19h – O fantástico mundo das bebidas artesanais – a criação da cerveja e do hidromel Pós-Doc – Prof. Dr. Francisco Eduardo da Costa e Luciana Guimarães
20h – Tachada Parmegiana de casca de banana – chef Tanea Romão – São Paulo
20h30 – Apresentação musical: Pedro Henrique e Maria Luiza – Silvianópolis
21h – Capitão Macedo – Com sua voz e violão – Atibaia
22h30 – Show Os Cumpadi -Santa Rita do Sapucaí
24h–Show Memórias do Rock anos 80 – Patronagens Band e Fernando Deluqui (RPM) – São Paulo e Santa Rita do Sapucaí

Domingo, 3 de setembro
Abertura das tendas
10h às 20h – Exposição de artesanato Arteiras de Santana – Silvianópolis
10h30 – O Frevo em meio os bananais do Sul das Geraes
Alunos do Ciemsa – Coordenação: professora Marcilene Faria Alves – Silvianópolis
11h – Companhia de Reis Estrela de Belém – Silvianópolis
Durante o dia – Apresentação musical – Talentos de Santana e da Vizinhança
12h – Oficina Biomassa de Banana Verde -Fernanda Duayer Picardi e Mônica Cristina Campos – Pouso Alegre
13h às 17h – Recreação com crianças – Paloma do Vale e Marcelo Zambianch – Pouso Alegre
13h – Tachada: Matula Tropeira de Feijão com Banana – chef Adan Garcia – sous chef Valdemir Almeida – São Paulo
14h30 – Tachada Coração Mineiro com Arroz de Açafrão da Terra – chef Gerson Michelle – Pouso Alegre – sous chef Vanessa Almeida – Silvianópolis
16h – Cortejo Festa do Rosário 2017 – Congadas Nossa Senhora do Rosário e São Benedito – Silvianópolis
17h – Wolf Borges e Jucilene Buosi – Um pouco de Tudo – Poços de Caldas
19h – Camerata JKO – Conservatório Estadual de Música de Pouso Alegre
20h – Apresentação do Coral do Ciemsa – Silvianópolis
Música: Ouro… ipê e banana tudo aqui em Santana!
Letra: Maria José Franco Fernandes
Regência: professora Lucimara Goulart de Paula Correa.

Para o Topo
error: Content is protected !!