Política e conflitos

Justiça afasta prefeito de Jacinto e presidente da Câmara assume cargo

Prefeito eleito Leonardo Souza e vice João Berberino foram condenados por abuso de poder econômico; Nadson Carvalho segue como chefe do Executivo.

O presidente da Câmara de Jacinto, Nadson Lúcio Carvalho (PROS), tomou posse como prefeito nesta quarta-feira (13). A mudança acontece depois que uma decisão da Justiça afastou Leonardo Augusto de Souza (PRB), e o vice-prefeito, João Alves Berberino (PP), do cargo por abuso de poder econômico na campanha eleitoral de 2016.

A decisão do juiz da 144ª Zona Eleitoral, André Luiz Alves, determinou ao Presidente da Câmara que permaneça no cargo de prefeito até que sejam realizadas novas eleições e o novo prefeito eleito tome posse. No entanto, a data do novo pleito ainda será marcada pelo TRE.

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG), em julho, em decisão unânime do Tribunal, as candidaturas de Leonardo Souza e João Berberino foram cassadas em função de ilegalidades praticadas por eles, tais como a distribuição de comida no dia da convenção partidária dos investigados e a realização de showmício no distrito de Jaguarão em 06 de agosto de 2016.

Para o relator do processo, juiz Antônio Augusto Mesquita Fonte Boa, “a distribuição de alimentos do lado de fora de local onde ocorria a convenção está comprovada. (…) Embora não haja provas de que os candidatos tenham pessoalmente participado da distribuição, dela se beneficiaram.” E prosseguiu: “a realização de show com cantor localmente conhecido fora veladamente promovida para promover a candidatura. A ausência de discurso ou pedido explícito de voto é compensada pelo fato de que era perceptível aos presentes, pelo uso de cores, bandeiras e divulgação anterior que se tratava de evento eleitoral em benefício do candidato”, afirmou o juiz.

Leonardo Souza havia sido eleito com 4.381 votos, cerca de 64%, que foram anulados. Além da perda do mandato, ele e o vice João Berberino receberam pena de inelegibilidade por oito anos.

Para o Topo
error: Content is protected !!