Minas Gerais

PC prende 12 suspeitos de trazer droga do Paraguai para Minas Gerais

Durante fase da ação, 12 suspeitos de tráfico de drogas oriundas do Paraguai foram presos.

Foto: Divulgação/PCMG

Visando à repressão do tráfico de drogas em Minas Gerais, a Polícia Civil (PCMG) concluiu mais uma etapa da Operação Sem Fronteiras. Até o momento, o trabalho resultou na prisão de 12 suspeitos de integrarem organizações criminosas envolvidas no comércio ilegal de entorpecentes em Betim, Região Metropolitana de Belo Horizonte, e em Itaúna, no Centro-Oeste do Estado. As equipes, ainda, apreenderam mais de 1,3 toneladas de drogas, três balanças de precisão, duas armas de fogo e vasta munição, um colete balístico, seis veículos e dez aparelhos celulares.

Para chegar aos investigados foram seis meses de investigação, utilizando-se de ferramentas de inteligência e diligências em campo. “Foi um trabalho desenvolvido com o objetivo de acompanhar uma rota de drogas oriunda do Paraguai, que passava por Ribeirão Preto e depois chegava até Betim e Itaúna, onde eram comercializadas a varejo”, explica o delegado Wagner Pinto. Na operação, foram presos suspeitos de diversos “níveis” na organização criminosa do bairro Citrolândia, Região Metropolitana, desde o líder, conhecido por “Jiraia”, passando por gerentes até colaboradores.

Para chegar aos investigados foram seis meses de investigação, informou a PC (Foto: Divulgação/PCMG)

Além de identificar a origem da droga, a equipe descobriu o modo de agir da organização de Betim. “Há de se ressaltar que nesta operação foi possível apurar diversos crimes contra o patrimônio, que a quadrilha utilizava para fomentar o crime de tráfico”, destaca o delegado Arthur Vieira. Segundo ele, cerca de 20 veículos foram roubados nos últimos dois meses, entre outros bens. Os carros eram utilizados para troca em drogas.

Etapas
Na primeira fase da operação, no dia 27 de julho, em um sítio na cidade de Monte Santo de Minas, Sul do estado, foram apreendidos 750 quilos de maconha, que tinha como destino Itaúna. No momento em que eram realizadas as diligências, uma caminhonete Nissan/Frontier roubada foi abandonada no município de Piumhi, região Centro-Oeste, onde foram encontrados 472 quilos de maconha, que chegariam a Betim.

Em 23 de agosto, na cidade de Itaúna, foi deflagrada a segunda fase da Sem Fronteiras, sendo localizadas substâncias ilícitas e um veículo. Também foram presos acusados de integrar a quadrilha. No dia 28 de agosto, em continuidade aos trabalhos, os policiais civis tiveram sucesso em localizar armas e radiocomunicadores e, ainda, prender suspeitos de envolvimento na organização criminosa em Betim.

Durante fase da ação, as equipes apreenderam mais de 1,3 toneladas de drogas (Foto: Divulgação/PCMG)

As investigações continuam para identificar e prender os demais envolvidos que agem em parceria com os investigados presos. Toda droga, veículos e demais bens e objetos apreendidos estão à disposição da Justiça.

Presos:
Felipe Sousa Cruz, 28 anos;
Walmir Augusto de Morais, 54 anos;
José Carlos Pereira, 63 anos;
João Paulo Miguel Moreira, 34 anos;
Sinvaldo Martins, 39 anos;
Jean Maicon Oliveira Nicolau, 27 anos;
Pablo Gabriel Teixeira, 19 anos;
Elizabete Aparecida de Oliveira, 54 anos;
Graziela Rodrigues de Araújo, 30 anos;
Done Endy Lorraine de Jesus Pereira, 18 anos;
Ronaldo Rabelo da Silva, 32 anos;
Yuri Luiz Assis Ferreira, 27 anos.

Polícia diz que investigações continuam para identificar e prender os demais envolvidos (Foto: Divulgação/PCMG)

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo
error: Content is protected !!