Capital mineira

Trio suspeito de extorsão é preso em flagrante no Centro de BH

De acordo com a delegada, é possível que os suspeitos tenham feito outras vitimas.

Foto: Divulgação/PCMG

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu em flagrante por extorsão Leonardo Camilo da Silva, 37 anos; Júlio Cesar Soares Dias, 45, e Carlos Henrique Aguiar Carneiro, de 34 anos, na terça-feira (29), no centro de Belo Horizonte.

A delegada Renata Fagundes explicou como os suspeitos agiram. “Os três suspeitos teriam abordado uma senhora, de 73 anos, próximo à residência dela, no bairro Eldorado, em Contagem, para oferecer vasos de flores decorativos. A senhora comprou dois vasos pelo valor de R$ 400. Mas na hora de passar o cartão eles colocaram o valor de R$ 4 mil”, contou.

Vasos de flores decorativos vendidos pelos indivíduos (Foto: Divulgação/PCMG)

Segundo apurado, a filha da vitima notou o valor acima do acordado e teria cancelado a compra. A partir desse momento, os suspeitos passaram a entrar em contato com ela solicitando o valor de R$ 4 mil, fazendo ameaças. “Após marcar um encontro com os suspeitos, a filha da vítima procurou a Polícia Civil. No encontro, o trio continuou a fazer as ameaças, encostando a filha da vítima na parede, momento em que os suspeitos foram abordados por uma equipe da Ceflan I que realizou as prisões em flagrante”, revelou Renata.

Comprovante de pagamento (Foto: Divulgação/PCMG)

De acordo com a delegada, é possível que os suspeitos tenham feito outras vitimas. “Temos a notícia de que uma mulher já procurou a delegacia relatando que teria sofrido um crime com o mesmo modo de agir”, concluiu.

Mesa: Coordenadora das Ceflans em BH, Renata Fagundes; o chefe do 1º Departamento de Polícia Civil, Rafael de Souza Horácio; e o inspetor das Ceflans Oberdan Campos (Foto: Divulgação/PCMG)

Para o Topo
error: Content is protected !!