Minas Gerais

Homem considerado um dos líderes do tráfico intermunicipal em MG é preso

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) realizou a operação “Duroc” que terminou com a prisão preventiva de Lucas Fabian Souza e Silva, conhecido como “Lucas Barrão”, de 26 anos, na cidade de Monte Azul, no dia 27 de setembro.

De acordo com o Delegado Jorge Luiz Correia, que conduziu a investigação, Lucas faz parte de uma quadrilha de tráfico intermunicipal de drogas no Estado, com atuação nas cidades de Belo Horizonte, Montes Claros, Porteirinha, Mato Verde, Monte Azul e Espinosa. “Podemos dizer que ele é integrante de uma associação criminosa e, durante as investigações, ficou comprovado que é uma espécie de gerente. Seria o responsável em arregimentar pessoas para realizar o transporte de drogas”, contou.

“Lucas Barrão”, foi preso durante a operação “Duroc”, no dia 27 de setembro, em Monte Azul (Foto: Divulgação/PCMG)

O Delegado revelou que as investigações tiveram início após a prisão em flagrante, no dia 4 de julho, de três mulheres que estavam transportando 126 barras prensadas de maconha, pesando cerca de 78 quilos. “Elas estavam saindo da rodoviária, carregando três malas com maconha. Após abordarem um agenciador de transporte clandestino irregular, começaram a se deslocar de Belo Horizonte para Montes Claros. Conseguimos interceptar um veículo na rodovia BR-040, bairro Califórnia. Posteriormente, após dois meses de investigação, chegamos à conclusão de que elas são integrantes de uma associação criminosa, da qual Lucas seria um dos líderes”, contou.

No dia da operação também foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão nas cidades de Monte Azul e Mato Verde.

Investigações tiveram início após a prisão, de três mulheres, transportando cerca de 78 quilos (Foto: Divulgação/PCMG)

Para o Topo
error: Content is protected !!