Política e conflitos

Liminar da Justiça mantém prefeito e vice de Jacinto temporariamente nos cargos

Decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou que parlamentares reassumam os cargos.

Foto: Reprodução/Internet

O prefeito Leonardo Augusto de Souza (PRB) e o vice-prefeito, João Alves Berberino (PP), de Jacinto (MG), conseguiram na Justiça uma liminar para permanecer temporariamente em seus respectivos no cargos.

No dia 13 de setembro, o juiz da 144ª Zona Eleitoral, André Luiz Alves, havia encaminhado um ofício à Câmara Municipal informando a extinção do mandato, por suspeitas de abuso de poder econômico na campanha eleitoral de 2016.

Desde então, a cidade estava sob gestão do presidente da Câmara, o vereador Nadson Lúcio Carvalho.

Na liminar publicada nesta quarta-feira (11), do Ministro do TSE Luiz Fux, determinou que o prefeito e vice sejam reconduzidos aos cargos até o julgamento do recurso especial eleitoral interposto nos autos da AIJE nº 32503/MG. (Clique aqui e veja decisão).

Para o Topo
error: Content is protected !!