Meio Ambiente

Presidente de comitê da Bacia do Rio Doce é a mais jovem do Brasil

A bióloga Dhara Hibrya Pagel, de 21 anos é atual presidente do comitê que faz da Bacia Hidrográfica do Rio Doce.

Foto: Divulgação/AGB-DOCE

Os comitês da Bacia do Rio Doce foram reconhecidos, em âmbito nacional, devido às ações de recuperação da Bacia e do enfrentamento às consequências do rompimento da barragem de rejeitos da Samarco, que afetou toda a calha do Rio Doce em novembro de 2015. Desta vez, os CBHs ganharam outro destaque. Em novembro deste ano, durante as discussões da assembleia geral da juventude, realizada na 19º edição do Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas (Encob), em Aracaju (SE), a atual presidente do CBH-Santa Joana, Dhara Hibrya Pagel, de apenas 21 anos, foi reconhecida como a presidente de comitê mais jovem do Brasil. A bióloga assumiu, em abril desse ano, a presidência do mais novo comitê que integra a Bacia do Rio Doce.

Durante as atividades do Encontro Nacional, foi cobrada maior participação da juventude e o incentivo para que os jovens tenham mais espaço nas discussões dos colegiados e em encontros como Encob, Rede Latino Americana de Organismos de Bacias Hidrográficas (Rebob) e conselhos estaduais e nacional de recursos hídricos. “Conheci os trabalho do comitê na prefeitura de Itaguaçu e hoje minha dedicação ao CBH é totalmente voluntária. Sei que estar à frente deste órgão tão importante para gestão de recursos hídricos no estado requer muita responsabilidade e doação”, comenta Dhara. De acordo com a bióloga, a participação dos jovens em CBHs ainda é pequena, porém com um “potencial de crescimento, já que as ações dos comitês estão ganhando evidência”, lembra.

Evandro Apolinário Rizzi (Foto: Divulgação/AGB-DOCE)

A juventude também se destaca em outros comitês da Bacia do Rio Doce. Evandro Apolinário Rizzi, de 28 anos, representa a prefeitura municipal de Marilândia no CBH-Pontões e Lagoas do Rio Doce. Formado em ciências biológicas, ele participa do CBH há quase um ano e em outubro passou fazer parte também da plenária do CBH-Doce. “A juventude é muito importante para as atividades dos comitês de bacia. O jovem tem uma visão renovada e possui mais força para tocar movimento e projetos, principalmente aqueles que acabaram de sair da faculdade. Gostaria de encontrar mais jovens engajados na recuperação dos nossos mananciais”, diz Evandro.

Serviço voluntário
Para valorizar e lembrar aqueles que se dedicam a alguma causa ou instituição, no dia 05 de dezembro é comemorado, em todo o Brasil, o dia do Voluntariado. A data tem como objetivo incentivar e valorizar o serviço voluntário em todo o mundo. Os trabalhos dos conselheiros de comitês de bacia, que são divididos entre os três segmentos: sociedade civil, poder público e usuários, são totalmente voluntários. “Podemos comparar os trabalhos dos comitês com as atividades desenvolvidas em pastorais, coletivos e outros grupos que tentam, através da doação de tempo e conhecimento, transmitir e disseminar determinado tema,” destaca Evandro.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo
error: Content is protected !!